quinta-feira, janeiro 09, 2014

Ergonomia e a ótica nas artes gráficas.

Tenho visto muito material impresso sendo despejado nas ruas, com pouco ou nenhum interesse de nossos designers gráficos em atentar para o aumento da idade média do brasileiro, começo acreditar que: ou
pensamos que nunca vamos envelhecer ou que vamos morrer antes ou que nunca vamos usar óculos!..tsc
Trabalho como designer há muitos anos e quando era mais jovem não fazia a menor ideia qual o grau das dificuldades oftalmológicas passadas pelas pessoas depois de uma certa idade, mesmo eu conhecendo a ergonomia e a ótica. Vergonhoso da minha parte!...Só fui, realmente, tomar ciência das dificuldades quando eu mesmo passei a fazer parte do grupo de usuários de óculos para leitura. Hoje, aproveitando o fato de trabalhar como designer para o governo e a possibilidade de mudar, passei a alterar o tamanho das fontes em meus trabalhos impressos, isso de maneira que todos possam lê-los com a menor dificuldade possível. Parece algo simples, certo? Mas não é, isso implica em atitude, boa vontade dos nossos administradores e, às vezes, aumento de despesa.Mas, como mudar? Vivemos em uma sociedade digital e efêmera, com seus aplicativos para celulares que sobem e descem no gosto da população, hoje o que é considerado "the best", amanhã nem tanto! Porque  vou me preocupar com material impresso?Tamanho de fonte? Sou jovem! Além do mais isso tudo muda!...Bem, o Rio de Janeiro(capital) tem hoje uma população estimada em 6.429.923 habitantes, sendo que a população com mais de quarenta anos, como está descrita no gráfico abaixo do IBGE do censo demográfico de 2010, aumentou consideravelmente e de acordo com um trabalho publicado na Revista Brasileira de Oftalmologia...a grande maioria de nós se enquadra no perfil da faixa etária com mais de quarenta anos e que pode vir a ser usuário de óculos para leitura, certo!? Com poder de compra, dificuldades para leitura sem óculos e muito material gráfico de difícil leitura! Não sou o dono da verdade, mas os números não mentem. Vejam:
IdadeRio de JaneiroRio de JaneiroBrasil
HomensMulheresHomensMulheresHomensMulheres
0 a 4 anos147.835143.369401.592390.8235.638.1545.444.151
5 a 9 anos201.020194.739555.463537.5287.623.7497.344.867
10 a 14 anos236.743229.824662.506642.5278.724.9608.440.940
15 a 19 anos233.567230.583638.420631.8568.558.4978.431.641
20 a 24 anos253.163255.544646.569656.2208.629.8078.614.581
25 a 29 anos269.306281.797665.139699.2098.460.6318.643.096
30 a 34 anos251.573272.882637.186685.5857.717.3658.026.554
35 a 39 anos221.671246.860566.803623.6226.766.4507.121.722
40 a 44 anos205.798233.893542.851600.0206.320.3746.688.585
45 a 49 anos200.210236.586515.808586.1395.691.7916.141.128
50 a 54 anos184.247225.882461.682537.7164.834.8285.305.231
55 a 59 anos152.282197.393374.767454.0903.902.1834.373.673
60 a 64 anos118.991160.131290.089363.1303.040.8973.467.956
65 a 69 anos84.926121.277206.333270.5342.223.9532.616.639
70 a 74 anos66.818104.035156.157220.1251.667.2892.074.165
75 a 79 anos47.09682.334104.218165.1811.090.4551.472.860
80 a 84 anos29.70260.52862.863115.785668.589998.311
85 a 89 anos12.80830.97826.87957.807310.739508.702
90 a 94 anos4.07312.1328.74922.553114.961211.589
95 a 99 anos9103.3492.0256.43331.52866.804
Mais de 100 anos1446193701.3777.24516.987
A tabela faz uma projeção para 2013 sobre a população de 2007..Pasmem! Reparem no quantitativo de pessoas com mais de quarenta anos!! Estamos envelhecendo!...Então porque não começar a nos preocupar com esse nicho? Essas pessoas que já estão com suas vidas mais ou menos definidas são usuárias de transportes?Sim!...São suárias de táxis? Também!...Porque não começar por aí? Enfim, este foi o gancho que usei para começar a mudar minhas colocações, afinal trabalho na área de trânsito/transportes e com muita vontade de mudar e de melhorar a qualidade de vida do carioca!
Mas como começar? Uma matéria publicada na Revista Brasileira de Oftalmologia sob o título: AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA VISÃO, NA PRÁTICA DA LEITURA DIÁRIA, EM RELAÇÃO A FORMATAÇÃO DE TEXTOS (Março de 2010), me deu o subsídio desejado para seguir em frente. Na matéria fala-se sobre qualidade de vida, acesso a informação, presbiopia, leitura,etc...O texto baseado em uma pesquisa realizada no ambulatório de especialidades médicas do Hospital Estadual Mário Covas/SP, define qual os melhores tamanhos de fontes para leitura de acordo com a faixa etária, iluminação, etc,etc,...até chegar a um denominador comum. A obrigatoriedade para padrão mínimo de tamanho de fonte é inexistente em impressos comuns, mas existe uma lei que regulamenta e padroniza o tamanho da fonte para contratos de prestação de serviços e de compra e venda: Lei Federal nº11.785, esta estabelece o tamanho de letra 12 como mínimo.Como não temos estatísticas seguras sobre as idades dos usuários de transportes públicos coletivos e muito menos dos táxis, adotamos uma fonte um pouco maior que a prevista na média da pesquisa de idade em nossas tabelas de táxis e os resultados tem sido muito satisfatórios. Estamos empregando uma fonte corpo15 e bastonada para a tabela de tarifas taximétricas, o resultado está aí ao lado para vocês verem e depois compararem ao vivo.
Quero deixar claro que não estou fazendo apologia a governo algum mas positivando o conceito de ergonomia e da ótica em nossos trabalhos diários, o que deveria ser uma constante em nossos impressos.
Acho engraçado que são medidas pequenas para mudar a vida da população e ninguém se prontifica!...tsc

P.S.:Eu já havia publicado algo sobre o envelhecimento da população.
http://desenhografico.blogspot.com.br/2012/11/design-interativoassistivo-para-nova.html

Fontes:
IBGE

quarta-feira, janeiro 01, 2014

2014: ANO DE COPA, ANO DE ELEIÇÃO! Olhos abertos...

Ano da Copa, Ano de Eleições! Com certeza este será um ano de mudanças, começando pela preparação dos políticos para o pleito estadual e federal. Vai ser um vale tudo para se manter no poder, quem viver verá. Muita coisa já está se modelando para a eleição, inclusive a dança para colocação dos cabos eleitorais nas mais diversas posições dentro da grande máquina administrativa, surgirão soluções mirabolantes para problemas antigos e mesmo aquelas consideradas de boa escolha terá por trás o uso do poder para as escolhas de fornecedores, prestadores de serviço, consultores, etc....
Temos que manter nossos olhos bem abertos ou corremos o risco de não termos um Ano Novo Feliz !